Menu

Lifestyle

Que música faz bem pra alma, isso todo mundo concorda, não é? Além de dar um 'up' no astral, a música tem o poder de motivar. Principalmente se tratando de treino ou uma boa corrida!

Listei aqui embaixo as 15 + que andam bombando na minha playlist e me ajudando na hora de dar aquele gás antes do treino! Já vou logo avisando: É música de mulherzinha com muito Justin Bieber! =) E além do meu treino funcional faço também funcional fight, por isso pode ter um pouco de rap no meio! Hehe

Aperta o play aí:

1. Justin Bieber - Sory

2. The Weeknd - In The Night

3. Calvin Harris - How Deep Is Your Love

4. Sam Smith - Money On My Mind

5. Anitta - Bang

6 . Justin Bieber - Where Are Ü Now

7. Silentó - Watch Me 

8. Drake - Bling 

9. Little Mix - Black Magic

10. Coldplay - Adventure Of A Lifetime

11. Drake - Jumpman

12. OMI - Cheerleader

13. Justin Bieber - What Do You Mean

14. Robin Schulz - Sugar

15. Ellie Goulding - On My Mind

Há algumas semanas uma leitora muito querida viu através do post da viagem de Buenos Aires que eu havia ido para o Ushuaia e entrou em contato pedindo dicas sobre a cidade pois esta semana ela estaria lá também. Adorei seu interesse Bella, espero que aproveite as dicas! 

Aí vai então!

Já começo o post lembrando que o Ushuaia não é o tipo de lugar como Bariloche, Valle Nevado (Chile), muito menos Aspen (EUA). As estações de esqui possuem uma boa infraestrutura a seus turistas porém não é uma cidade badalada e de grande comércio para os consumistas! O Ushuaia é para quem procura  neve e curte esquiar sem frescura!

Agência de Turismo: As férias do ano passado foram dedicadas à Argentina mas o que queríamos mesmo era esquiar, então como estávamos indo de alguns dias em Buenos Aires direto para o Ushuaia, compramos tudo antes (passagens, transfer, passeios, ski pass) com a Agência Point da Neve que é especilaista quando o assunto é neve, e lá eles usamos a extensão deles, a Conextur. Ambas com ótima cobertura aos clientes e valor. 

Hotel: Ficamos no Fueguino. No meio do centro, perto de restaurantes, farmácia, supermercado. Quarto e café da manhã super ok, mas conforto não será tão importante assim. Depois de passar o dia nos passeios na rua com frio ou o dia inteiro esquiando e chegar no hotel com todos os músculos doloridos, a única coisa que você vai querer é calefação e uma banheira com água bem quente!

Vista do quarto do hotel

Câmbio: Não se preocupe em levar muitos pesos mas sim dólares. A moeda americana é bem mais valorizada por lá.

Transfer: Caso você mesmo monte seu pacote, os hotéis costumam oferecer o serviço de transfer do aeroporto ao hotel mas dependendo do valor não é preciso. Os táxis são bem em conta e levam cerca de 20 minutos até o centro da cidade.

1º Dia

Reserve o dia para conhecer o que fica perto de você: Uma trilha perto do hotel (se você estiver hospedado nos hotéis perto da montanha), o centro da cidade próximo ao Porto, museus e compras.

Centro da cidade

Porto de Ushuaia – É no porto que se encontram diversas embarcações de todos os tamanhos e tipos. A vista de baixo da cidade e montanhas é panorâmica. É por lá também que se dá a saída para o passeio pelo Canal Beagle.

Museu Marítimo e do Presídio – Com suas atividades encerradas em 1947 o presídio hoje funciona como museu marítimo. Um ótimo passeio para os dias de muito frio.

Compras – ok, ok... Ushuaia tem centro de compras sim mas não é aquele do tipo  americano ou europeu entende?! É na Avenida San Martin que se concentram o maior número de lojas, o shopping e o duty free da cidade. Há também espalhado pela cidade ótimas chocolaterias como a Laguna Negra e a da família Edelweiss.

María Lola Restó – Um dos melhores restaurantes da área central da cidade que fica na mesma rua do hotel, apenas poucos metros do Fueguino. Com cozinha gourmet, decoração clean e vista deslumbrante do Canal Beagle a noite é uma ótima pedida para o primeiro dia na cidade.

2º Dia

Deixe reservado com a agência de turismo o segundo dia para iniciar o esqui, assim você já está acostumado com o frio da cidade. Nenhuma agência inclui o ski pass no pacote, portanto é você que providencia sua entrada ao chegar na estação. Uma dica: Se não está acostumada à práticas físicas NÃO compre passaporte para dois ou três dias seguidos! Eu fiz e me dei mal! No segundo dia fui para a estação “na marra” toda dolorida do dia anterior! Claro, chegando lá o clima é outro e você só quer saber de aproveitar mas um descanso pro corpo, quando não se é acostumado a esquiar o dia todo, é sempre bom!

Cerro Castor – A estação fica a 30km do centro e conta com 31 pistas de diferentes níveis e infraestrutura de restaurantes, lanchonetes, compra e aluguel de roupas e equipamentos, além é claro de aulas de esqui e snowboard.

Aulas – Se você não sabe esquiar ou nada de snowboard o melhor a fazer é chegar e logo tentar marcar um horário para aula com instrutor. Eu fui teimosa e não quis fazer, o marido já tinha alguma noção, colocou a prancha no pé e saiu deslizando neve abaixo enquanto eu passava mais tempo sentada e caindo do que qualquer outra coisa! Consegui marcar aula só para o segundo dia, por isso chegue cedo e marque seu horário. Vale a pena e você aproveitará muito mais, vai por mim: Esqui e snow não é algo que se aprende por conta, além de ser muito mais seguro com instrutor! ;)

No primeiro dia de casanço pós-esqui (e muuuuitas quedas) para o jantar o serviço de quarto nos pareceu o mais apropriado! Mas eu sugiro o Kaupé Restaurant. Ficamos com preguiça de sair, (a verdade é que eu mal conseguia respirar de tão dolorida que dirá me arrumar pra pisar fora do quarto do hotel e eu não estou exagerando tá?!) perdemos a reserva e nos arrependemos de não ter ido por se tratar de um dos melhores restaurantes da Argentina e um dos mais bem recomendados da cidade.

3º Dia

Como eu disse acima, se você não tem o costume de práticar esportes o melhor é não ir seguidamente para a montanha, se já tem o costume aproveite o desconto do passe para 2 ou 3 dias de esqui como a gente fez. Com o snow “no pé” depois de um dia de aula e me sentido a rainha da neve, ainda animada por não ter caído uma só vez no segundo dia, juntei os ossos e fomos jantar descentemente.

Gustino – Com ambiente aconchegante o restaurante está localizado dentro do hotel Albatroz, tem uma vista linda para o canal de Beagle e tem comida deliciosa.

4º Dia

Mais snow! Para os dias de montanha optamos por almoçar nos restaurantes e lanchonetes que a estação oferece.

Para encerrar nossa pequena temporada de 3 dias de montanha escolhemos um belo jantar para comemorar!

Chez Manu – Cozinha francesa e vista maravilhosa da cidade.

5º Dia

Parque Nacional Terra do Fogo – Há 12km do centro da cidade está este que é um dos mais importantes pontos turísticos da cidade. O passeio é feito em boa parte através de caminhada ou com as vans de agências que vão até o local mas no início dele há um pequeno caminho para se chegar até a entrada que pode ser feito de trem. Eu sugiro que não faça este passeio do trem! Nós não fizemos e pelo o que o pessoal que estava conosco disse, não se acrescenta em nada a menos que você nunca tenha andado em uma maria-fumaça antes!

Continuando... É muito importante ir bem agasalhado. Todas as suas roupas mais quentes e térmicas devem ser usadas neste dia pois o passeio é ao livre e o parque é todo banhado pelo canal de Beagle o que o torna mais frio ainda.

La Cabaña Casa de Té – Uma casa de chá charmosa com decoração fofa localizada na base do Glaciar Martial, há 7km do centro. Mais parece uma casa de bonecas com delícias doces, diversos tipos de chás e chocolate quente para aquecer antes ou depois de uma caminhada pelo Glaciar. O local só abre aos finais de semana.

Glaciar Martial – Localizado à 7km do centro, o lugar oferece vista previlegiada do alto de toda a cidade e suas lindas paisagens naturais com águas do degelo, muito verde e os Andes. A subida ao Glaciar Martial (ou Geleira Martial) pode ser feita por caminhada mas por se tratar de terreno bem íngrime, o melhor é usar o teleférico.

Kalma Restó – Para fechar 5 dias de Ushuaia e 10 de mini férias resolvemos fechar em grande estilo num dos bistros mais charmosos da cidade, o Kalma. Local aconchegante, comida incrível e toda a tranquilidade que precisávamos.

Ah, que saudade destes dias... Infelizmente não conseguimos fazer todos os passeios que gostaríamos, nem ir à todos os restaurantes que queríamos porque o tempo era curto, o frio era demais e nossa prioridade era o snow! Na verdade, essa foi uma das poucas vezes que viajamos e fizemos tudo com calma, curtimos cada lugar, passeio e conseguimos descansar, afinal é para isso que servem as férias, não é mesmo!

Passeios que não fizemos:

Canal de Beagle – Porque o frio estava de lascar e prefirimos o parque! Até porque é um passeio onde você não tem interfere na vida marinha dos "habitantes" das pequenas ilhas que ali vivem, é permitido aproximação somente pelo barco onde não se pode interagir com os animais, apenas observá-los.

Vale de Lobos – Onde cães puxam um trenó na neve... Sinceramente, eu sei que faz parte da cultura local e etc, mas ninguém me convence de que este é um passeio interessante. Pelo amor de Deus, ter cães te puxando enquanto você está ali apreciando o cansaço físico deles? Isso é atraente? Eu não sei o que é pior se é quem coloca os cães a puxar um trenó e trabalhar para ele ou quem paga por absurdo deste!

Mas é isso então, espero ter ajudado a Bella e tantos outros que tenham interesse em conhcer o Ushuaia!

Qualquer dúvida é só entrar em contato pelos comentários ou pelo email contato@blog1855.com.br

Até o próximo!

;)

*Nem todas as imagens são minhas, a maioria é de divulgação pois meu computador precisou ser restaurado no ano passado logo depois que retornei da viagem e eu acabei perdendo praticamente todas as nossas fotos :(

Em 10 dias de férias na Argentina no início deste mês, passei 4 dias em Buenos Aires e 5 dias no Ushuaia. Mas para Buenos Aires, acredito que 2 ou 3 dias já sejam o suficiente para conhecer bastante, podendo acontecer até mesmo num final de semana, mais que isso é exagero.

Confesso que estávamos ansiosos para a segunda parte da viagem e não nos dedicamos muito a explorar a cidade, ficamos próximo do nosso hotel que, aliás, era perto de tudo e aí podemos conhecer bastante.

Agência de turismo: Conextur. Desde o translado, até a recepção no hotel, compra de pesos e indicação e venda com melhores valores para passeios, achei bem bacana e indico o trabalho deles que fazem roteiros por toda a Argentina.

Hotel: Ficamos no Esplendor. Localizado no Centro, ao lado da Galeria Pacífico e na rua paralela com a Florida, há algumas quadras do Puerto Madero, com uma arquitetura antiga e clássica por fora, o interior é bem moderno, cheio de obras num estilo mais contemporâneo. Fica bem localizado, tem ótimas suítes, sala de jogos, academia, é pet friendly e tem um restaurante – o Mott – que fica aberto das 7 a.m às 11 p.m.

1º Dia

Plaza de Mayo – Onde acontecem as grandes manifestações políticas, ela está no centro da Casa Rosada, Catedral, Sistema financeiro da cidade...

Casa Rosada – Sede do Poder, existem visitas guiadas e gratuitas nos finais de semana. Se estiver por lá num final de semana, aproveite o passeio.

Igreja Catedral Metropolitana – A Igreja da Santíssima Trindade, onde o Papa Francisco trabalhava antes do Papado, levou 200 anos para ser construída de 1622 a 1822.

Puerto Madero – Próximo a Praça de Maio está o Puerto Madero, o mais novo bairro da cidade  que homenageia as mulheres tendo em suas ruas os nomes de mulheres famosas que se destacaram no ramo da ciências, artes e política. De um lado os antigos armázens do Porto que foram restaurados e de outro novas construções mais modernas cotrastam na paisagem. No Puerto Madero funcionam escritórios, hotéis e restaurantes famosos, uma Universidade, Museu e até um Cassino flutuante! Para quem gosta, a caminhada ou corrida ao ar livre devem ser feitas aqui, é o bairro mais seguro da cidade e com uma vista deliciosa. Eu aproveitei para fazer minha corridinha nos dias que estive por lá!

Restaurante no Puerto Madero – A Parrilla argentina para os argentinos é como o churrasco para os brasileiros e se você estiver procurando opções mais, digamos tradicionalistas, esta é a pedida. Para quem é vegetariano como eu, todos os restaurante dispõe de opções sem carne e as vezes até mais saudáveis! Os mais conhecidos das tradicionais Parrillas são: La Cabaña, Siga la Vaca e Gourmet Porteño.

Reserve a tarde para suas compras:

Galeria Pacífico – Inspirada na Galeria Lafayette de Paris e o lado do hotel Esplendor está a Galeria Pacífico com opções de lembranças de viagens como os famosos alfajores da Havana, local para trabalhar com wi-fi como o Starbucks, opções de lanches e cafés mais saudáveis, muitas lojas com diversos estilos e valores e lojas de perfumes e cosméticos como Chanel, Mac e a Juleriaque que agrega marcas como Lâncome, Dior e etc...

Rua Florida – Comércio popular com muitas lojas do shopping também. Uma dica, se você for para a montanha depois de passar por Buenos Aires, aproveite a outlet da loja Mountain que tem na Florida. Especializada em roupas e artigos para a neve, tem preços bem bons por se tratar de uma outlet. Na Florida aproveitei somente uma loja de cosméticos e a compra de mais uma mala porque a gente sempre sai de casa com elas estourando e depois fica quebrando a cabeça de como vai conseguir fechá-las de volta! Mas eu preferi comprar todo o resto na Galeria Pacífico por ser mais seguro e menos frio que na rua.

Tango Porteño e Señor Tango – Junto com o Café Tortoni, o Tango Porteño e o Señor Tango fazem parte dos shows de tango mais tradicionais da cidade. A diferença de valor de uma casa para outra é pequena, cerca de 20 pesos. Eu fui ao Señor Tango e adorei o serviço, jantar e o show que é um espetáculo! Dica: Compre a entrada com seu agente pois, os valores são bem mais em conta e já tem incluso o jantar, bebidas e o translado que é a melhor escolha pois se depender dos táxis na saída do show, poderá ficar na mão e a localização da casa de show não permite longas caminhadas à noite atrás de um táxi disponível.

2º Dia

City Tour – Eu gosto de deixar só um dia para o city tour. É legal porque com guia você conhece mais e fica sabendo de detalhes de lugares que lhe passariam despercebidos mas ao mesmo tempo acho meio chato por causa dos horários, por isso desta vez fizemos somente meio turno de city tour, é bem melhor, menos cansativo e você pode ficar em qualquer lugar do roteiro.

Obelisco – Monumento histórico que foi construído para marcar os 400 anos da capital argentina, fica localizado na Avenida 9 de Julho, que te leva a todos os lugares na capital.

Caminito – Localizado no bairro La Boca, teve parte de suas construções restauradas para receber os turistas na região que é um local de muitos artistas de rua, artesanato e artes ao ar livre. No dia em que fomos estava chovendo e nada comparado aos dias de sol e profusão que todos falam por isso foi meio entediante o passeio!

Bairro da Recoleta – Charmoso e elegante, é aqui no coração da cidade que você encontrará um pedacinho de Paris, lojas e grifes de luxo, casarões antigos e variedade de cafés.

Cemitério da Recoleta - Considerado um museu ao ar livre o cemitério atrai muitos turistas, menos eu! Imagina que eu iria num lugar desses por mais bonito que deva ser, só de passar na frente já me arrepiei toda, mas é uma opção para quem, ao contrário de mim, não tem medo!

Avenida Alvear – Uma loucura essa rua, cheia de marcas luxuosas e grifes de renome entre elas: Armani, Versace, Prada e Fendi. Não passamos por toda a rua, nem sei dizer como estão os valores, ainda mais na atual situação econômica do país mas vale o passeio e degustar um café numa das charmosas cafeterias.

Bairro Palermo – De um lado o Palermo Soho e de outro o Palermo Hollywood. Com seus bosques e museus, é um dos bairros mais visitados.

Solo Bio – Como sou vegetariana, vou indicar o Solo Bio para apreciar um almoço em um restaurante bem simples mas bem charmosinho com um conceito vegetariano/orgânico/vegano. Não deixe de experimentar a sobremesa típica da capital porteña em sua versão “um pouco mais light”, o pudim de leite com doce de leite, uma delícia sem fim!

Escolha um Museu:

Museu MALBA – O Museu de Artes Latino-Americana de Buenos Aires conta com nomes de artistas renomados como Tarsila do Amaral e Frida Kahlo. O passeio se torna ainda mais interessante porque há muitas obras que são interativas.

Museu Nacional de Belas Artes – Conta a história do país através das obras de seus artistas mas há também obras de artistas como Monet e outros. Opte pela visita guiada sempre que o Museu tiver esta opção, assim você não perde a riqueza de detalhes de cada obra.

Escolha entre os Bosques de Palermo ou o Jardim Japonês:

Bosques de Palermo – Cheio de locais tranquilos e silenciosos ideais para um piquenique, funciona como um enorme parque aberto e monitorado por câmeras.

Jardim Japonês – Está localizado na divisa entre os bairros da Recoleta e Palermo. Mais parece um pedacinho do Japão em plena capital Argentina, um encanto com seus bonsais, pontes,  lago com carpas, limpeza e organização exemplares. Mantido pela Fundação Cultural Argentino-Japonesa, o Jardim Japonês é o único parque que cobra entrada ($ 24 pesos) mas um valor pequeno se comparado com a beleza e tranquilidade do local. Conta também com um restaurante que é famoso pelo sushi que serve.

E por fim se ainda tiver ânimo depois de um dia de muitos passeios, que tal um jantar no Puerto Madero todo iluminado?

Chila – Um dos restaurantes/bistrôs mais respeitados e admirados de Buenos Aires, o Chila denomina-se como: “Uma experiência gastronômica de identidade argentina do mais alto nível”. E é mesmo. Com uma cozinha bastante contemporânea, é uma excelente experiência gastronômica com a profusão de sabores argentinos. Mas prepare-se, a qualidade dos pratos é igualmente equivalente ao valor de cada um.

Na verdade, fizemos estes passeios em quatro dias e não dois ou três, como sugiro aqui! Acho que três dias seriam ideais para quem quiser conhecer a cidade, é corrido e sem descanso mas vai depender dos seus gostos e dá para aproveitar bastante se souber se organizar antes.

O que achei bacana de abordar aqui é que não é necessário conhecer Buenos Aires em mais de dois ou três dias, pode ser feito num final de semana estendido, por exemplo. E o legal é que tem voos diretos que saem de Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro para a capital porteña.

E esta foi a Buenos Aires que conheci. Uma metrópole como tantas outras, com seus encantos e  defeitos mas com uma preocupação em receber e servir muito bem seus turistas!

Espero que tenham gostado e aguardem porque em breve farei uma resenha de alguns dias também no Ushuaia, nosso destino depois de Buenos Aires!

Até o próximo ;)

Acordar no frio do inverno num chalé na Serra do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, de São Paulo ou do Rio de Janeiro e dar de cara com uma bela vista das montanhas, quem não gostaria?! Para quem está procurando roteiros rápidos de inverno seja para as férias de julho com a família ou apenas um final de semana romântico, no Brasil se encontram destinos charmosos e mais perto do que você imagina, podendo fazê-los até de carro.

Vamos ver os roteiros mais famosos:

No Rio Grande do Sul:

Gramado

Com arquitetura e clima europeus, a bela Gramado atende e recebe seus turistas muito bem em todas as épocas do ano. A cidade que sedia o maior Festival de Cinema do país, é também destino certo em dezembro quando realiza o Natal Luz e em abril quando recebe os turistas para a sua ChocoFest. Mas especialmente no inverno com suas avenidas floridas, a cidade que já acolhe seus turistas com seus deliciosos cafés coloniais, bistrôs, restaurantes e casas de chocolate o ano todo, fica ainda mais charmosa sobre o rigoroso inverno do sul e oferece diversas opções de passeios e atrações na própria cidade, tudo muito próximo um do outro.

Canela

Ao lado de Gramado fica a cidade de Canela. Com restaurantes, pousadas e hotéis estrelados, a cidade tem um roteiro espetacular pelo Parque do Caracol e visita a Cascata do Caracol, passeio de Maria – Fumaça no Mundo a Vapor, Museu da Moda, a sua famosa Igreja Matriz e muito mais.

Bento Gonçalves

Uma das cidades mais ricas pela sua farta gastronomia colona com massas e queijos apetitosos, é a nº1 quando se pensa em vinhedos e vinícolas. Bento Gonçalves detém 60% do Vale dos Vinhedos e além de dezenas de vinícolas situadas na região, é lá onde estão também as maiores vinícolas do país, a Casa Valduga e a Miolo.

Em Santa Catarina:

Urubici

A cidadezinha da Serra Catarinense já registrou a menor temperatura do Brasil chegando a -17,8º. Com boas opções de pousadas e ótima gastronomia, é roteiro romântico garantido no inverno catarinense com boas opções de passeios. E se der sorte, terá o privilégio de ver neve por lá. Com inúmeros passeios como a Cascata Véu de Noiva, a vista da Pedra Furada e outros, a cidade pode funcionar como principal destino para se hospedar e visitar durante o dia as cidades vizinhas.

São Joaquim

Ao lado de Urubici está São Joaquim. Considerada uma das cidades mais frias do estado, já registrou temperaturas de -10º. Como sua maior atração é o frio, programe-se para visitação entre os meses de Junho a Agosto. Um passeio que vale a pena fazer é a visitação na Vinícola Villa Francioni.

Em São Paulo:

Campos do Jordão

Muito parecida com Gramado, Campos do Jordão é destino badalado no inverno paulista. Com opções estreladas de hospedagens e gastronomia, a cidade oferece um Festival de Inverno onde não só o fundue e a lareira são as atrações mais procuradas, mas um roteiro de aventura diurno com escaladas e passeios com vistas caprichadas das montanhas. Atente para os altos valores da alta temporada, o bom mesmo é aproveitar a região na média temporada.

No Rio de Janeiro:

Petrópolis

Destino badalado do inverno brasileiro, Petrópolis que era residência imperial no passado, fica lado a lado – em termos de belas hospedagens e gastronomia premiada - com Campos do Jordão e a tradicional Gramado. A cidade cultiva o clima de império do passado e esse é seu maior diferencial com suas igrejas e museus todos em construções históricas. Os passeios são uma volta ao passado e é importante fazê-los com guia, o que enriquece ainda mais a história e seus detalhes nos belos museus e suas construções antigas que exalam a história da realeza.

Teresópolis

Vizinha de Petrópolis, Teresópolis está avessa as badalações e ao intenso movimento da vizinha Petrópolis. Com um clima bucólico de cidadezinha do interior, e ao mesmo tempo restaurantes de renome do circuito do inverno brasileiro, a cidade conta com pousadas aconchegantes, charmosas e passeios como o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, muitas trilhas, visitação ao complexo cervejeiro da região, a Granja Comary e ao Orquidário Aranda.

Não vai dar para fazer uma viagem só a dois? As crianças estão de férias? Reúna a família e planeje seu roteiro de inverno. Basta agora escolher o destino e  aproveitar as atrações de cada lugar na estação mais charmosa do ano! 

Alguém aí pensando em viajar com passagem por Lisboa ou já está de malas prontas e não tem ideia do que dá para fazer em dois dias por lá? Fiz um roteiro express cheio de passeios e experiências gastronômicas inesquecíveis.

Quando organizamos nossa viagem para Europa, uma coisa era certa: Conhecer muito e gastar razoavelmente pouco, e foi o que aconteceu. Além de passar por três países, três capitais e várias cidadezinhas históricas, aprendemos muito sobre história, cultura e culinária de cada lugar. Porém, Lisboa não havia se tornado unanimidade nas nossas escolhas, mas não me arrependo de ter sido firme e passado – mesmo que voando – três dias por lá. Lisboa é uma cidade charmosa, cheia de história, com uma cultura e receptividade incríveis, sem falar na gastronomia que é um capítulo à parte...

Como o primeiro (meio) dia de chegada foi de chek-in no hotel (escolha o Marriot, o melhor hotel que ficamos durante toda a viagem) e descanso, procurei o que tinha próximo para visitarmos e adivinha? Estava do lado do Shopping Colombo! Lá, aproveite a fast fashion Mango, a H&M e a Zara. Em Lisboa os táxis são os mais baratos de toda a Europa e você pode andar de um lado para o outro pagando no máximo 10 Euros pela viagem, claro que sem exageros, se o percurso for muito longo, faça-o de elétrico uma espécie de bondinho. De volta para o hotel com as primeiras compras, vamos elaborar os próximos dois dias de passeio:

1º DIA

Vá até o bairro de Belém, onde você passará boa parte do seu dia passeando pelos pontos turísticos:

Torre de Belém - O ponto de partida começa aqui na Torre de Belém, lugar que já foi prisão no passado e até biblioteca. Vá até o mirante para ter uma visão privilegiada da construção e do Rio Tejo. Sem precisar pegar táxi ou elétrico vá caminhando para o Museu da Marinha, nosso próximo ponto.

Museu da Marinha - Uma viagem no tempo pelo universo dos marinheiros e navegadores que fizeram história.

Mosteiro de São Jerônimo - Fica ao lado do Museu da Marinha. Construído no século 16, sua arquitetura impressiona pela riqueza de detalhes. Se tornou patrimônio da humanidade pela Unesco, tal qual a grandiosidade da obra. Na capela principal estão as tumbas de Vasco da Gama e Luis de Camões. Aprecie cada detalhe da extraordinária arquitetura deste lugar.

Padrão do Descobrimento - Atravessando a rua, você encontrará o Padrão do Descobrimento. Ponto de partida dos viajantes que descobriram o Brasil em 1500. O marco foi construído somente em 1940 as margens do Rio Tejo. No chão, a rota dos descobridores rendem lindas fotos e ilustram a trajetória dos navegadores.

Docas de Belém - Fica ao lado e funciona para abrigar embarcações menores de passeio. Rende uma bela vista da ponte Pensil e alguns minutos de descanso as margens do rio.

Pastéis de Belém - Muito próximo ao Mosteiro de São Jerônimo, fica o famoso e tradicional Pastel de Belém, não deixe de provar. Doce típico português que é feito de massa bem fininha folhada e recheio de nata gratinada! O lugar preserva os azulejos tradicionais da época de sua fundação.

Centro - Partindo de Belém para o centro da cidade, pegue um elétrico quase em frente ao Mosteiro. No centro da cidade você encontrará de tudo, pequenas lojas de souvenirs como azulejos pintados à mão, pratarias, os famosos “galos da sorte” em todos os tamanhos, vinhos do Porto e chocolates de diversas nacionalidades. Além disso, encontrará lojas de tecidos que funcionam também como brechós chiques com preços bem atraentes, restaurantes e cafés variados. É importante não deixar anoitecer quando se está no centro, como em toda a grande capital turística.

2º DIA

Oceanário - Comece o dia por ele e passe a manhã neste local encantador. Fica no organizado Parque das Nações. Um ótimo e relaxante passeio.

Castelo de São Jorge - Localizado no topo do charmoso bairro de Alfama, o castelo que foi construído no século XI pelos mulçumanos funcionou como forte durante anos. De 1938 a 1940 foi restaurado e hoje é um importante ponto turístico aberto a visitações com café e o tradicional restaurante Casa do Leão que conta com uma vista maravilhosa de toda a cidade, neste dia programe-se para almoçar apreciando esta vista.

MUDE - Para quem curte Moda e ainda tiver fôlego para continuar, vale a pena esticar o passeio do castelo pegando um táxi até a rua Augusta onde encontra-se o MUDE, Museu do Design e da Moda que foi inaugurado em 2009.

Alfama - Depois de passar a manhã no Oceanário e a tarde no luxuoso Castelo de São Jorge, reserve a noite para assistir a um Show de Fado no pitoresco bairro de Alfama que conta com vários bares, restaurante, casas de Fado e uma vista linda da cidade toda.

Gostaram do roteiro e das minhas fotos? Eu que fotografei! As minhas estão com a marca d'água do blog, as demais são do Pinterest e Google.

Deu uma saudade e uma vontade enorme de voltar... Eu mesma não consegui fazer todos os passeios na nossa passagem relâmpago por lá, mas se tivesse esse pequeno roteiro em mãos, com certeza teríamos aproveitado e conhecido muito mais. Vale a pena seguir quem tiver a oportunidade de estar, mesmo que rapidamente, em Lisboa.

Tem uma trip legal com dicas e sugestões? Escreva para contato@blog1855.com.br

Quem já me acompanha lá pelo Insta (segue lá @re_fraga), sabe que há alguns meses ganhei dois afilhados, lindos, minhas paixões! O filho de uma grande amiga que está com quatro meses e minha primeira/sobrinha que está à caminho e chegará nas próximas semanas. Por isso, venho me interessando ainda mais pelos assuntos baby/kids, e lembrei de uma questão que veio à tona na preparação do enxoval da minha sobrinha: O que vale mais a pena, comprar todo ou parte do enxoval no Brasil? Pela internet? Ou viajar e comprar nos Estados Unidos?

Para quem está com o passaporte em dia, tem autorização médica para a viagem e pode viajar ($$$), ainda sim comprar boa parte ou todo enxoval nos EUA, continua valendo a pena... Para as mamães que não puderem viajar, vale a pena investir em algumas compras pela internet, o ônus fica por conta da demora da chegada dos itens e a possível taxação da alfândega.

Encontrei um post super completo do blog Viajando Barato Pelo Mundo com dicas valiosas sobre onde e como comprar não somente para o enxoval mas também mais tarde aproveitando uma viagem em família, na fase kids deles, por exemplo! Aproveitei e selecionei algumas imagens cutes com modelinhos fofos com roupinhas da Carter’s e Gap, dá só uma olhada!

So cute!

A cada dia que se passa as mamães estão descobrindo que fazer o enxoval nos EUA é um grande negócio, e uma  grande forma de economizar....Os produtos costumam ser 3 vezes menos que o preço do Brasil, são produtos de altíssima qualidade e alguns ainda nem chegaram no Brasil. Para vocês terem uma ideia, um carrinho de bebê que aqui custa R$ 4.000,00 reais lá custa em media $ 500,00 dólares, transformando esse valor em reais, equivale a R$ 1.175,00 reais, uma economia de R$ 2.825,00 reais.

Então se você quer fazer o enxoval nos EUA nos vamos lhe ajudar...

Primeiro se você for uma pessoa muito organizada recomendo comprar algumas coisas pelo site da Amazon e nas lojas online. Comprando pela internet você consegue um preço melhor, principalmente nos carrinhos, bebê conforto, itens de alimentação e cozinha.

Algumas Dicas:

1. Cadastre-se nos sites das lojas com antecedência,  para você receber cupons de descontos por e-mail e utilizar durante as compras.

2. Comprando pela Amazon: tente comprar o máximo de coisas por este site e mande entregar no seu hotel. Pela Amazon compre somente produtos que são vendidos pela própria Amazon e não por lojas parceiras  que vendem através dela, isso evitará atrasos na entrega dos produtos.

Fique esperto com o prazo de entrega, no geral a Amazon entrega de 2 a 5 dias úteis. Então fique esperto para não mandar entregar muito antes no hotel e nem para entregar depois que você já estiver aqui no Brasil. Tente comprar o maior número possível de itens para serem entregues juntos, isso torna o frete mais barato. E outra vantagem de comprar pela Amazon é que você pode devolver o item comprado que eles fazem o estorno, descontando o valor do frete do valor total reembolsado.

3.  Babies "R" Us: Nesta loja você vai encontrar produtos relacionados a saúde e segurança, a higiene do bebê e a lazer. Tem muitas opções de brinquedos, berços, carrinhos, bebe conforto, assento de carros e etc.

4. Gap Baby: Para quem gosta de produtos da Gap eles vendem roupinhas de bebê que são uma mais linda que a outra...

5.Carter's Para nós uma das melhores lojas para se comprar roupinhas e acessórios, um verdadeiro paraíso, com roupinhas lindas e baratas... Você poderá encontrar essa loja também nos Outlets. Comprando pela internet você consegue um desconto maior.  Na Carter's você encontrará conjuntos de body com calça que são excelente para dormir e sempre estão em promoção... Não esqueça de entrar no site para conseguir cupons de desconto. 

5. Polo Ralph Louren Children's Factory Store: Essa loja você encontra nos outlets, ela possui um preço mais elevado mais as roupinhas são lindas. Vale a pena dar uma olhada.

6. Tommy Hilfger kids: Tem o mesmo estilo da Polo com roupinhas incríveis e lindas. Essa loja você também irá encontrar nos outlets.

7. Buy Buy Baby: Está loja é o paraíso das gravidas, tem de tudo nela, roupas, acessórios, berços, carrinhos, bebe conforto, mamadeira, pratinho, brinquedos, decoração, enfim tudo. Para nós é a loja mais completa... Tem poucas roupas mais é perfeita.

8.Burlington Coat Factory: Para nós foi a melhor loja para comprar, tudo mais barato que na Carter's, Buy Buy Baby, Tommy Hilfger Kids e etc... É uma loja de ponta de estoque, nela você vai achar roupas por menos $ 5,00 dólares, conjuntos por $ 10,00 dólares, mamadeiras, sapatinhos ( um mais lindo que o outro por $ 3,99 dólares) preço incrível, kit anti-estrias por $ 14,99(para as mamães se cuidarem durante a gestação), carrinho de bebê, bebê conforto, cadeirinha para carro, berço, brinquedos e acessórios, enfim é uma loucura essa loja... Nela você encontra roupas da Tommy, Gap, Carter's, Polo, todas as marcas famosas, com um preço excelente... Você também encontrará roupas para adultos, crianças, bolsas da Tommy, Calvin K., produtos de cozinha, banheiro, perfumes, decoração para a casa, roupas intimas, sandálias, tênis, sapatos sociais... É uma mega loja, recomendo começar por ela as compras....

9. Liapela: Está loja você ira encontrar carrinho, bebe conforto, babadores, berços, moisés, brinquedos, cama de tudo um pouco... A loja é um pouco menor que as outras a cima... Só que ela possui artigos de bebes lindos...

10. Skip Hop: Loja que vende coisas mais fofinhas, rs. É de se apaixonar por ela... Lá você vai encontrar brinquedos de temas do kit berço, trocador portátil, bolsa de frauda, e muitas outras coisinhas... 

11. Ross Dress For Less: Loja igual a Burlington onde você vai encontrar roupinhas com preços excelentes. Eu, particularmente, prefiro a Burlington, tem mais opções! Outra dica, procure estas lojas longe dos pontos turísticos... Em Orlando recomendo a Burlington e Ross de Altamonte, e a Marshalls e Ross recomendo a da Winter Garden... Se você quer saber mais sobre Winter Garden, Clique AQUI  e confira! 

12. Marshalls: Loja igual a Ross e Burlington. 

13.Supermercados Waltmart e Target: Você irá encontrar de tudo neles, como carrinhos, berços, cadeirinhas de carro, brinquedos, acessórios como: bico, mamadeiras, fraudas, lenços umedecidos, babá eletrônica, enfim, tudo que você possa imaginar....

14.Outlets: Neles você irá encontrar lojas como Tommy H. kids, Polo Ralph. Kids, Carter's entre outras. Recomendo deixar o Outlet para ir depois, pois, lojas como Burlington, Ross e Marshalls você ira encontrar preços mais atraentes...

15. Contrate uma guia elas vão lhe ajudar muito e fazer seus dias renderem mais. Elas sabem tudo, e vão te levar direto mais lojas mais completas e com os melhores preços.

Em Nova York, eu recomendo a Guia Novayorkevoce:   Site Nova York e Você

Em Miami, eu recomendo a Guia guiamiami: Site da guia Miami
Em Orlando, eu recomendo a Eps Baby Concierge: Site EPS Baby Concierge
Em Las Vegas, eu recomendo a Eu Na Gringa: Site Eu na Gringa
Na Califórnia, eu recomendo o Guia Califórnia Dream e-mail: guiacaliforniadream@gmail.com

ORGANIZANDO AS MALAS:

Primeiramente, não deixe para arrumar suas malas no último dia! Tente já ir guardando conforme você vai comprando, pois leva muito tempo organizar a mala de uma forma que caiba tudo e que não ocupe muito espaço para que possa caber mais coisas! Não esqueça de uma coisa: confirmar na sua companhia aérea o volume da mala, geralmente  você tem direito a uma mala de mão, e mais duas de 32kg cada! Se você quer trazer mala extra, antes mesmo de sair do Brasil, pergunte a sua companhia, pois existem alguns voos que não aceitam que o passageiro traga mala extra ( já aconteceu conosco). Se for trazer algo que esteja dentro de caixas, aproveite os espaços que sobra dentro delas para colocar objetos pequenos.....

Uma dica importante: não deixe nenhuma roupa com etiquetas ou cabides, por mais que os cabides são bonitinhos, isso chamará atenção dos fiscais! Não esqueça de guardar todas as notas com você, caso você seja parado e necessite comprovar os valores, você estará com as notas!

Não se esqueça, tente fazer caber todas suas compras em um número reduzido de malas, tente encaixar tudo de um "jeitinho" que ocupe o menor espaço possível! Quanto menos volume você tiver, menos chamará a atenção dos fiscais da alfândega!

Uma outra dica que diminui o espaço de volume de suas coisas é o "space bags", geralmente você encontra no Walmart, Target! Roupas, toalhas, cobertas, enfim, tudo que for de tecido, coloque dentro dele! Depois de lotado, peça no hotel que você esta, um aspirador de pó, juntamente com o space bags, ele tirará o ar e reduzirá seu volume quase pela metade, cabendo ainda mais coisas em sua mala!!! Vale a pena se você está trazendo uma quantidade grande de tecidos!

Fonte: Viajando Barato Pelo Mundo

E então, gostaram? E os "modelinhos", gente?!

Querem saber mais sobre compras na internet? Deixa o seu comentário aí embaixo! :*

Para estreiar esta categoria, vou preparar alguns posts com dicas valiosas de algumas viagens que já fiz.

Se você também tem uma trip para um lugar incrível (praia, serra, montanha, metrópole, passeio...) e quer compartilhar conosco suas dicas, sugestões e melhores passeios deste lugar, escreva para contato@blog1855.com.br

Será um prazer publicar sua história. Lembrando que pode ser na sua cidade, estado, ok?

Além de dicas e sugestões aqui da região de Garopaba/SC, melhores perídos ($$$) para se viajar, destinos de inverno, destinos para compras e etc, em breve um post bem bacana cheio de imagens sobre Lisboa! :)

Subscrever Lifestyle