Menu

Férias! Quem vai ficar com o pet?

Chegamos ao final do ano, época em que a família toda sairá de férias mas será que é a família toda mesmo? E o seu pet?!

Desde que tenho a Gaia há 9 anos à carregava - com seus 49 quilos - para cima e para baixo em todas as viagens de carro, sempre. Uma ressalva: ela passou por uma reeducação alimentar após apresentar displasia severa e hoje está mais saudável com seus 32 quilos!

Voltando ao assunto incial... Com a chegada dos dois filhotes igualmente grandes o carro ficou mais apertado mas ainda sim não era um problema e eles nos acompanhavam a todas idas à praia quando morávamos na capital gaúcha por um trajeto de pouco menos de duas horas de carro.

Com nossa mudança de cidade (e graças à Deus para uma praia!) eles ainda viajavam conosco nos acompanhando de Santa Catarina para o Rio Grande do Sul numa viagem que dura em média 5 horas... Mas com a chegada do Theo as coisas ficaram diferentes! Hoje fica impossível carregar os quatro no carro, a não ser que seja um trajeto muito pequeno pois o espaço não é mais suficiente além do que um deles (o #zécaranzinza) deve ter algum tipo de fobia à lugares fechados rosnando pra todos a sua volta e só consegue viajar relaxado nos pés do carona na frente, imagina que delícia viajar assim por longas 5 horas?!

Nossa sorte é que hoje em dia não precisamos mais percorrer horas até a praia, agora moramos nela. Mesmo assim, quando viajamos seja a trabalho, férias ou para visitar a família é sempre necessário contar com a ajuda do adestrador da turminha aqui que atua como um tratador também vindo até nossa casa e mantendo a rotina para que eles sintam o mínimo possível nossa falta. Mas não é todo mundo que pode contar com este tipo de ajuda profissional de confiança, não é mesmo?!

Por isso, se a família está com as férias agendadas e o local não permite pets, o melhor a fazer é:

- Converse com aqueles seus amigos e familiares "cachorreiros" para saber se alguém tem disponibilidade de fazer as vezes de um tratador e estará disponível durante este período para ir até sua casa pelo menos 2x ao dia;
- O pet não terá acesso à casa? Observe se na sua ausência ele terá um ambiente fresco com sombra farta durante os dias escaldantes do verão e abrigo protegido de chuvas e temporais porque nesta época do ano além do calor, as chuvas repentinas fazem parte da estação;
- Deixe-o com livre acesso ao pátio ou apartamento e com brinquedos para que ele não se sinta sozinho e entediado ou, na sua volta, poderá encontrar sinais de "destruição" como uma forma de chamar a atenção por ter sido "abandonado" sozinho e de liberar a energia acumulada;
- Tome o cuidado de calcular para mais a quantidade de ração a ser oferecida diariamente para que não falte;
-  Deixe anotado as medicações que por ventura poderão ser ministradas e o telefone de pelo menos dois veterinários caso seja necessário;
- Organizar de acordo com a disponibilidade do responsável a rotina de alimentação, ter sempre água fresca, farta e à sombra, higienização do local e manter a rotina de passeio é imprescindível neste período, por isso o amigo ou familiar tem que ser muito "cachorreiro" para dar conta do recado! ;)

Ok, você não quer envolver os amigos e familiares na missão férias? O melhor então é contar com um local próprio e preparado para atender seu pet. Que tal um hotel para cães?

- Procurar através de referências entre amigos e familiares Hotéis Pet de confiança na sua cidade;
- Certificar-se de que ele terá uma rotina de alimentação, passeio, atividades e acesso a um veterinário em caso de emergência;
- Faça uma visita ao local acompanhado de seu cão para conhecer as instalações e observar se ele gosta do ambiente e tratadores;
- Combine desde o início quanto a alimentação e medicações caso precise ser ministrada;
- Deixe alguém autorizado a vê-lo, e até talvez levá-lo para passear caso o local não disponibilize deste serviço;

Seja qual lá qual for sua opção ou escolha, nesta época do ano muitos dos hotéis pets já estão com suas vagas esgotadas e com o corre corre de final de ano, nem todo mundo fica tão "disponível" assim para ajudar, portanto agilize-se para ter certeza de que seu melhor amigo ficará bem cuidado enquanto vocês estiverem longe um do outro!

;)

Você também poderá gostar de: